sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Influêcias históricas, mortes ideólogicas. Jesus e Sócrates


É inegavel que ambos tiveram grande influência na formação e no modo de agir das sociedades ocidentais, pois são lembrados até hoje por tentaram mudar o pensamento das pessoas de modo positivo. Essas não são as únicas semelhanças entre Jesus e Sócrates.
                Sócrates nasceu 470 anos antes de Cristo e viveu em Atenas, Grécia. Ele costumava perambular pelas praças da cidade dialogando com os indivíduos que por elas passavam. O modo de conversação dele era, no mínimo, excêntrico. Quando dialogava com alguem, Sócrates tentava despertar a verdadeira personalidade de quem ele falava. Ele fingia de nada saber, e por meio de perguntas direcionadas ao interlocutor, tentava fazer com que a pessoa pensasse sobre a própria condição humana, ele pretendia libertar as pessoas da ignorancia, levando a mesma a uma introspecção e, uma vez precionado por perguntas, o interlocutor acabava por reconhecer o que era certo ou errado em si.
                De modo resumido, por fingir  não saber de nada, Sócrates conseguia fazer a pessoa com a qual dialogava usar o raciocínio para encontrar respostas para as perguntas interiores, usando para isso sua própria razão.
Sócrates acreditava que existia algo de divino dentro dele, e por ter autoconfiança no que dizia ele conseguia conquistara admiração de alguns e a raiva de outros. Por dizer que as respostas poderiam ser encotradas por meio da razão que flui de cada ser (os gregos acreditavam que somente o Oráculo de Delfos detinha a verdade, provinda dos Deuses) e por desafiar os que detinham poder na sociedade ao criticar e abominar todos os tipos de abuso de poder e injustiça, foi condenado a morte por um juri de 50 pessoas e bebeu o calice de cicuta (veneno mortal) na presença dos mais íntimos.
Reconheçem as semelhanças entre jesus e Sócrates agora? Em um resumo rápido, ambos:
  •     Acreditavam falar em nome de algo superior, divino;
  • Não deixaram uma linha sequer de registro escrito (toda a fonte histórica de Sócrates foi escrita por Platão, seu aprendiz, assim como a de Jesus foi registrada pelos discípulos)
  •  Foram condenados a morte por, supostamente, “corromper” a sociedade da época
  • Poderiam ter pedido clemência e terem fugido/banidos da região em que viviam, mas acreditavam que os ideais pelos quais lutaram eram mais dignos que a própria vida. O que garantiu respeito e fidelidade aos que neles acreditavam e se baseavam.

Enfim, eles tiveram vidas, inimigos políticos e mortes parecidas, mas a igualdade principal é que ambos tinham força pessoal o suficiente para morrer pelo que acreditavam.

“A felicidade só é possível quando se encontra com si próprio. A verdade pessoal é aquela adquirida com base em sua própria razão. Todo o resto é ilusão, alienação imposta a sua mente.”

Por : Julio Cesar 




   

9 comentários:

Adilson Guimarães disse...

Dos dois tira-se uma lição vital, além de todos os ensinamentos paralelos e não menos importantes: Para ser grande é preciso pensar grande, ter IDEOLOGIA!

www.catarseonline.blogspot.com

kbritovb disse...

muito interessante esse post
confesso que ouço sempre falar em Sócrates mas nunca tinha lido muito realmente da sua história

Leonardo disse...

Ja li muito sobre socrates e confeço que nunca tinha parado pra pensar nessa comparação. Muito bem pensado. Parabens.

http://omundodoscinefilos.blogspot.com/

t r o x t k disse...

Cara,faz tempo que procurava um blog legal com assuntos como os teus.....
Muito bacana mesmo velho,to te seguindo tbm!
http://judaseajudas.blogspot.com/

Anônimo disse...

muiito legal esse pos

http://diariodealunos.blogspot.com/

Fernando disse...

"Própria razão, o resto é ilusão!"
Vero, vero e vero.

abs,
Fernando Piovezam
seuanonimo.blogspot.com

Guilherme Lombardi disse...

excelente post

Lee Way The Fucking Princess disse...

Nossa, gostei demais do conteúdo do post, realmente muito bom!

MikaelMoraes disse...

rapaz, nem quero polemizar, mas no contexto histórico, o único que é provado histórica/cientificamente a existência foi Socrates...

mas belo texto, parabéns

http://mikaelmoraes.blogspot.com

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails