terça-feira, 13 de julho de 2010

Amor? Qual sua explicação cientifica?

    Em suma, nos poucos livros em que li de psicologia a parte que se propõe a tratar do “Amor” o classifica como um fenômeno cognitivo e social. Logo deriva de nossas ações e do meio (ambiente)  o qual mantemos nossas relações sociais.

    O psicólogo Robert Sternberg, em seus estudos chegou a uma síntese do que acredita por amor, uma teoria triangular onde afirma que o amor é formado por três fatores. Primeiro fator a intimidade, que diz respeito ao compartilhar segredos e coisas do seu intimo.  Segundo, o compromisso, que nada mais é que a expectativa positiva que colocamos nos relacionamentos. E por fim o terceiro fator que é a paixão “atração sexual”. 
   A partir desses pensamentos a concepção de amor passa a ser dividida na psicologia dando vertente a duas formas de amor “Paixão Erótica” e “Amor Romântico”.
   Paixão Erótica, aquela que consiste na atração pelo outro, a excitação, quando arde o desejo de consumar as mais inimagináveis volúpias amorosas.
  Já o amor romântico, consiste no conceito de emoção. Quando amamos estamos na verdade imersos em uma “emoção” sentimento de excitação e de “alerta fisiológico”. Todos nós temos uma “identidade emocional” logo buscamos pessoas em nosso contexto social que nos seja atraente a qual seja plausível associar a suas características a nossa “identidade emocional”, e é essa identificação que temos com determinada pessoa que atribuímos  como “amor”. Essa identificação vai permitir que você tenha com seu “amor” a intimidade o compromisso e também a paixão. Logo a pessoa te fará se sentir completo, pois ela tem o que a sua identidade emocional precisa, e mesmo que não tenha suas expectativas farão com que você acredite que tal pessoa é a certa para você, a expectativa nos cega em alguns sentidos por isso muitas vezes só começamos a ver os defeitos do outro quando o relacionamento está no fim, pois já não esperamos nada mais do amado ou amada.

   Lembrando que sou apenas um curioso que gosta de ler, e peço que qualquer falha que possam apontar,critica ou contribuição a esse post será bem vinda. Só notificar por e-mail disponível no painel. Obrigado.

     Referencia Bibliográfica : Introdução a Psicologia. David A. Atatt. Ed.Harbra.São Paulo.

17 comentários:

Dra_do_Amor disse...

Muito boooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooom tema pra discussão, apesar de eu discordar um pouco das definições já q creio que existam mais faces do amor, como o fraterno, por exemplo.

Will disse...

Sim eu sei, mas esse post se dedica a tratar do amor entre homem e mulher, O amor fraterno o amor de amigos não foram abordados nesse post.

Gabriel Nascimento disse...

Gostei muito desse texto e principalmente a maneira que você escreve sempre usando uma fundamentação teórica. PARABÉNS! AAh, dica: muda apenas o layout do blog!

Análise F.C disse...

O amor é muito grande para ser definido!

http://analisefc.blogspot.com/

Garbo disse...

Cara como psicologo tenho algumas coisas a falar sobre isso, a mais marcante é q paixao e amor sao coisas distintas, entao os dois tipos de amor que descreveu sao coisas diferentes. o q disse sobre o amor é uma questao levantada entre outras na psicologia, qua na verdade deveria se chamar psicologias, pois existem inumeras correntes de pensamento que tratam da psicologia e que muitas vezes se contradizem. entao sobre o q disse nao tem como vc estar errado, ja que não ha consenso. outra linha da psi fala que o amor é tb nada menos o q falta em vc que outra pessoa possui, e claro preenche alguns criterios social adaptados por vc...
é um assunto muito vasto e com poucas conclusoes, otimo para se viajar

Clarice Ferreira disse...

"É o amor uma arte? Se o é, exige conhecimento e esforço" Erick Fromm-A Arte de Amar- Leia esse livro, muitooo bom!
"Amamos no outro, aquilo que não temos em nós." Platão
Eu acrescentaria ... Amamos no outro aquilo que não temos em nós, mas que adoraríamos ter!
O verdadeiro amor, assim como a verdadeira amizade se dá entre pessoas de iguais ideais e que possuem admiração mútua!
Gostei da distinção que vc fez entre o amor erótico e o amor romântico.
Nesse caso, os Gregos já falavam sobre isso quando citava, a Vênus celeste e a Vênus Vulgar bjks

^Zk^! disse...

tive a impressão que ambos “Paixão Erótica” e “Amor Romântico” nos remetem a acreditar que amor nada mais é do interesse, seja carencia ou sexual =\

Kaa disse...

Mtooo mara, agora tô mais confuso com minha vida sentimental... Tipo, oq sinto é sexual ou amor?!
Ai ai, Mtooo Bm esse tópico!

I love it(amei isso em inglês)

Coisas Estranhas Que Só Um Idiota Diz disse...

Caracas... muito bom... gostei do seu blog!!!!!

Fhael Mondego* disse...

É, o amor é um tema complexo que só o amante é capaz de descrever. O importante não é descobrir a essência, mas sim amar e simplesmente amar. Esquecer os desejos, os medos e decepções, pois cada um para ser inteiro em si necessita habitar o quarto da solidão. Perfeito o texto, ótimo para debater.

Junior disse...

Amor é algo inexplicável, a gente procura nele uma pureza , uma pureza que ta sempre se pondo, como dizia cazuza .

Caetano disse...

O amor é algo muito grande pra ser definido! +1

pisovelho.com.br disse...

Camões já tentou explicar faz tempo... porém só quem sente é que sabe qual a sensação.

Mônica Pinheiro disse...

A Ciência há tempos estuda a atração entre homem e mulher. Em uma destas pesquisas, ela desvendou as reações químicas provocadas em nosso corpo através do amor.
Belo texto! Estou seguindo o seu blog!

Leeh ^^ disse...

Muito Bom Will!

Muito complexo explicar o que é Amor... os Amores... se ele existe...

Às vezes não sabemos se é dor... sentir-se bem... saudade... se é carência... solidão... felicidade... momentos... ou se é tudo isso e mais um pouco...

A verdade é que nem eu sei se já senti Amor... Ou se o que ja senti.. posso denominar dessa forma.

Pois na minha concepção... o amor por alguem, se resume ao sentido dessas reticências [...] que indica não terminar ali... que continua... deveria ser para sempre... caso contrario.. podemos chamar apenas de Paixão!

Franklin disse...

Muito interessante a maneira que escreve!
Parabéns!
to te seguindo

Victor Viana disse...

Difiniçao certa de amor ainda nao se encontra em palavras...

http://atoanaweb.blogspot.com/

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails